quarta-feira, dezembro 23, 2009

Antes que o ano acabe...

Minha irmã chegou há uma semana. Na sexta, fomos comprar a árvore de Natal e no sábado de manhã, decoramos. Daí teve a neve. Domingo fomos a NYC e tudo estava uma lama só. Mesmo assim ela ficou louca com a cidade. Também, quem não ficaria, né? Decretou que quer morar por lá. Hahahaha!

Ontem fomos assistir Avatar no Imax, o que me rendeu uma baita de uma enxaqueca. Pra quem não conhece, o Imax é um cinema que tem uma tela gigantesca. Somando isso ao filme (que é todo em 3D), foi a receita ideal pra uma enxaqueca de lascar. Cheguei em casa, fui direto pra cama e dormi por 3 horas seguidas. Acordei zerada às 11 da noite, mas fiquei sem sono até umas 3 e meia da manhã...

Ainda não comprei um único presente de Natal, o que (espero) será resolvido hoje. Não que tenha que comprar muuuuitos, mas... Também ainda temos que decidir o que fazer na noite de Natal. Não estou me reconhecendo: essa falta de planos nem está me incomodando. Acho que estou virando uma mocinha! Hahahaha!

terça-feira, dezembro 15, 2009

http://www.formspring.me/

A sensação no Twitter essa semana é o tal do http://www.formspring.me/.

Quando fiz minha conta no Twiter a Letícia, muito sabiamente, disse: "como quase tudo na internet, não serve pra nada."

O http://www.formspring.me/ é mais umas dessas coisas que não servem pra nada. Lá você cria uma conta e então as pessoas podem te fazer perguntas anonimamente (olha o perigo! Hahaha!).

Como não tenho o que fazer mesmo, fiz uma conta pra mim. :)

Então se alguém quiser me perguntar alguma coisa, vai aqui ó => http://www.formspring.me/anathalia. Mas tudo com moderação e bom senso, ok? Hahahaha!

domingo, dezembro 06, 2009

Então é Natal

Há poucos dias eu não estava nada no clima de Natal, o que eu mesma estranhei, já que sou uma pessoa super natalina, adoro essa época do ano, principalmente o Natal. Eu estava morrendo de preguiça de pensar em sair pra comprar árvore, enfeitar tudo e blábláblá.

Daí foi só ir ao shopping pra tudo mudar e eu entrar em Holidays mode! Só esqueci de um detalhe: prometi pra minha irmã, que está vindo passar o fim de ano aqui, que ia esperar por ela pra comprar a árvore. Ai, ai, ai!

Fiquei morreeeeendo de vontade de decorar tudo logo, ainda mais depois que vi que as casas aqui em volta já estão todas enfeitadas e que a vizinha de cima já colocou as velinhas macabras na janela dela. Pra me deixar com mais vontade, na sexta teve a inauguração da decoração de Natal da cidade e tudo está ainda mais natalino do que antes.

Como eu sou uma irmã suuuper legal e estou afim de cumprir minha promessa, resolvi aplacar a vontade de brilhos, luzes, bolas, guirlandas etc., colocando a decoração da lareira. Com a neve de ontem (mesmo fraquinha e sem acumular) o clima de Natal chegou de vez por aqui!

quarta-feira, novembro 25, 2009

Coisas do Outono no Hemisfério Norte



Isso aí em cima é um mocinho operando um aspirador de folhas. É pra fazer par com o soprador, aquele que os vizinhos usam nas horas mais impróprias. Funciona assim: cada um sopra as folhas da sua casa até a beiradinha da calçada. Daí vem a prefeitura no dia marcado e aspira tudinho. Uma beleza, né?

sexta-feira, novembro 20, 2009

Planeta Brasil

Pessoas que têm TV Globo Internacional (categoria na qual eu não me encaixo!), não sei se vocês conhecem o programa Planeta Brasil (eu não conhecia até o mês de setembro), mas o tema do programa nesse fim de semana é "Voluntários" e eu vou aparecer por lá: falo uma frase! Hahahahahahahaha! Sério, UMA FRASE. Mas não procurem por Anathalia, porque é lógico que eles erraram o meu nome (cadê a novidade?). Autógrafos mais tarde, por favor. Hahahaha!

terça-feira, novembro 10, 2009

Desconfiômetro pediu licença

Outro dia a Paty falou sobre pessoas que não são (nem nunca foram) próximas e depois que a gente muda para fora do país entram em contato pra fazer encomendas.

Eu vou falar de pessoas que SÃO próximas, sabem que a gente não está aqui a passeio, que a gente tem horários, compromissos e afazeres, que não passa o dia fazendo compras ou "pesquisa de mercado" e mesmo assim ENCHEM O SACO com essa história de compras e encomendas.

Eu juro que não ligo de comprar uma coisa ou outra pra amigos queridos. Eu não me importo nem um pouco de rodar o mundo atrás de coisas pros meus pais ou meus irmãos ou, ainda, meus primos-irmãos.

Agora, tudo tem limite, né? Algumas pessoas têm uma ENORME dificuldade em entender que nem tudo que elas vêem por aí vai necessariamente estar disponível aqui nos EUA. E te deixam LOUCA com mil emails e telefonemas.

Pior ainda é quando se trata de uma pessoa pra quem você, um dia, já reclamou de algum outro sem-noção. Lógico, você não vai deixar de gostar da pessoa (ou vai. rs!) nem nada do tipo, mas dá uma irritação danada. Acho que limite e bom senso não fazem mal à niguém, nem às pessoas que a gente mais gosta.

Nesses últimos dias, uma pessoa de quem eu gosto infinitamente, está (quase) me tirando do sério.

quinta-feira, novembro 05, 2009

Yu-Be

Junto com o tempo frio, começa a luta contra pele seca e lábios rachados. Como sei que não sou a única na luta, acho que vale a pena compartilhar achados.

Um tempo atrás, quando eu recebi uma amostra de Yu-Be junto com uma compra que fiz na Sephora, fiquei com o pé atrás. Um tubinho muuuuito do esquisito dizendo "#1 in Japan" tinha tudo pra ser uma furada. Fiquei desconfiada por um tempo, ainda mais depois que abri a tampinha e vi que o que tinha ali dentro era amarelo. E esses cremes que dizem que você pode usar em qualquer parte do corpo, sei não... Me parecia uma daquelas promessas de infomercials: promete resolver pele seca, cúticulas descamando, calos, lábios rachados, queimaduras, calcanhares secos e rachados e eczema.


Até então, eu usava Blistex e super gostava. Só que eu tinha que passar TODA HORA. Porque não sei qual é o meu problema, mas batom e lip balm SOMEM da minha boca num segundo. E às vezes eu estava fazendo alguma ou esquecia mesmo de passar e já começava a sentir o ressecamento.

Até que resolvi usar o tal do Yu-Be, já que ele estava ali mesmo não custava nada tentar. Gente! O negócio é bom MESMO! Eu só usei nos lábios e nas mãos, mas virou meu favorito! Nos lábios ele dura hooooooraaaassss. Pra dar uma idéia, quando eu passo na hora de dormir, acordo de manhã e ele ainda existe (ou pelo menos a sensação dele. rs!). E nas mãos, ele é super hidratante, mas absorve num milésimo de segundo. Porque eu adoro melecação, mas só quando estou em casa, né? Não é nada conveniente você estar na rua e ficar toda oleosa por vários minutos até o hidratante absorver. Menos ainda se você vai ter que colocar luvas ou dirigir ou está fazendo compras.

O Yu-Be vem em tubo ou em jarra. Eu prefiro o tubo porque dá pra carregar na bolsa. Nós somos inseparáveis no inverno! hahahahaha!

domingo, outubro 25, 2009

Um belo dia, mas que belo dia

Ontem o tempo estava uma meleca. Estava tão úmido que, mesmo sem chover, tudo estava molhado. Ficamos o dia todo em casa, fazendo absolutamente nada. Daí hoje quando acordamos e vimos que o céu estava ULTRA azul e o sol estava brilhando, tratamos de sair rapidinho pra aproveitar. O plano era ir a Bear Mountain, mas alguma coisa no meio do caminho fez o trânsito ficar INSUPORTÁVEL e demos meia volta. Acabamos parando num tal de Lake Sebago, e pelo menos deu pra aproveitar o sol, a temperatura amena e ver as cores do outono.

Essas 4 primeiras fotos são aqui em volta de casa, árvores dos vizinhos.

Depois do almoço, pegamos a Palisades Parkway em direção a Bear Mountain. A estrada está a coisa mais linda. Pena que não deu pra parar pra tirar foto, teve que ser de dentro do carro mesmo.

As 3 próximas fotos são no tal Lake Sebago, que se revelou um lugar bem bonitinho.

Essas 3 últimas fotos são no caminho de volta pra casa. Não voltamos pela mesma estrada, viemos por dentro das cidadezinhas.
Agora vou torcer pra no fim de semana que vem fazer um tempo bom como o de hoje pra gente ver se consegue ir a Bear Mountain. Só fui lá uma vez e no congelamento do inverno, por isso nem aproveitei e imagino que deve ser lindo com as folhas coloridas.

quinta-feira, outubro 15, 2009

Pechinchas online

Então já que o assunto é pechinchas, tenho que mencionar os online sample sale websites. Até pouco tempo, eu nem sabia do que se tratava. Foi lendo alguns sites sobre moda que "descobri" o mundo de sample sales.

Existem vááários, alguns mais conhecidos, outros menos. O primeiro que conheci foi o ideeli. Um tempo depois o lançamento do theOutnet deu o que falar. Um dia conversando sobre esse assunto com a Camila, ela disse que conhecia o Gilt Groupe. Aos poucos fui conhecendo outros e, além desses 3, hoje em dia visito com certa frequência outros 3: HauteLook, Beyond the Rack e Rue La La.

Nem sempre os preços são ultra acessíveis e/ou atrativos, mas de vez em quando aparecem umas ofertas imperdíveis. Por exemplo, comprei no ideeli 6 peças (2 cardigans, 2 blusas e 1 sweater) do Michael Kors por um total de $155.00. Também comprei um vestido lindo do Marc Jacobs por um pouquinho mais de $100.00 no Gilt Groupe.

Também já fiquei só querendo comprar outro monte de coisas (como uma bolsa maravilhosa do Marc Jacobs na semana passada e um casaco perfeito da Calvin Klein há mais ou menos umas 4 semanas), porque a mulherada é rápida no gatilho e mal as sales começam, as peças já estão esgotadas.

O que eu acho legal desses sites é que dá pra você ter peças bacanas e de marcas boas, sem pagar o olho da cara.

Alguns desses sites precisam que você seja convidado pra ter acesso, outros é só você fazer um registro gratuito. Depois de fazer seu registro, você também pode enviar convites. Se alguém se interessar e quiser convite para os que são restritos, é só clicar nos links abaixo.
Gilt Groupe; Rue La La; Beyond the Rack; ideeli

domingo, outubro 11, 2009

Bargain

Eu A-DO-RO uma pechincha (e quem não gosta, né?) e esse país é uma loucura quando se trata de compras, todo mundo já está careca de saber isso. Mas eu continuo a me surpreender com as coisas que vejo aqui, mesmo depois de quase 2 anos.

Depois que contei pra minha mãe que uma amiga comprou uma bolsa de uma marca badaladérrima por $90.00 numa loja de descontos, ela cismou que queria uma também. Eu já estava ficando maluca porque não achava nenhuma de cor "normal", só achava roxa, azul, verde etc. e ela queria uma bem neutra. Rodei TODAS as lojas de desconto por aqui por perto e não achei nada. Disse pra ela que a última chance seria hoje, eu ia numa loja um pouco mais afastada e se não achasse já era. E não é que eu achei não só uma, mas várias? E melhor, por metade do preço original. METADE. Eu não consigo me acostumar com isso e não ficar de boca aberta.

Lógico, nessas lojas tem que ter uma paciência de jó pra achar alguma coisa que preste. Normalmente é uma bagunça e tem muuuita coisa baranga. Não é sempre que tenho saco, às vezes entro por uma porta e saio correndo pela outra de nervoso de ver aqueeeela zona. Mas dá pra achar coisa boa e por ótimos preços. Bobo é que não vai, não sabe o que está perdendo! ;)

segunda-feira, outubro 05, 2009

Twitter

Talvez eu tenha me rendido ao Twitter...

domingo, outubro 04, 2009

Sobrevivendo Ao Despatriamento - como eu faço

Eu me considero ainda uma despatriada principiante e, como disse antes, acho que cada pessoa se adapta de uma maneira diferente, então, o que escrevi aqui é o que funciona pra mim: Anathalia que saiu do Espírito Santo, Brasil e foi para New Jersey, Estados Unidos.

Na minha opinião, um dos maiores erros que um despatriado pode cometer é achar que pra ser feliz no novo país, tudo tem que ser igual a quando ele ainda vivia no Brasil. Não é fácil, mas acho que a partir do momento em que uma pessoa se dispõe a sair de seu país, ela tem que se desprender de certas coisas, abrir a cabeça e se dispor a conhecer coisas novas. Ficar apegado a coisas do Brasil não vai ajudar em nada - a saudade não vai diminuir e o Brasil não vai ficar mais perto.

Tentar reproduzir o Brasil no seu novo país não é, de jeito nenhum, o segredo para um despatriamento feliz. Por isso, ao invés de focar no que está faltando (família, amigos de infância, churrasco de domingo, coxinha, pastel frito, Fantástico, restaurante à quilo, samba, novela, comida da vovó, praia ou o seja lá o que importa pra você), temos que focar no que está à disposição no novo país.

E é isso o que eu faço. Procuro me concentrar nos pontos positivos do meu novo país (que pra mim é uma lista enorme e contém itens até bobos e inesperados como "morar numa cidadezinha fofa igual às de seriado americano" ou "ter uma lareira na sala" ou ainda "estar a 30 minutos de NYC"). De forma alguma esqueço das coisas boas do Brasil ou fecho os olhos pras coisas ruins daqui, mas se fosse me concentrar só nisso ficaria louca com certeza.

Aqui está a lista de outros despatriados contando sobre seu despatriamento.

quinta-feira, outubro 01, 2009

Gostinho de Natal

Por culpa da Camila, esse é o meu mais novo vício. Eu já tinha visto no menu, mas fiquei meio desconfiada de que seria mais uma daquelas bebidas extra-doces que americano adora. Depois que ela disse que era bom, resolvi experimentar e agora não consigo imaginar outra bebida pra me esquentar no friozinho que já começou por aqui.

segunda-feira, setembro 28, 2009

Sobrevivendo Ao Despatriamento

A Ciça escreveu e postou na semana passada o Manual de Sobrevivência do Despatriado e o negócio fez tanto sucesso que surgiu a idéia da blogagem coletiva Sobrevivendo Ao Despatriamento no dia 4 de Outubro. Achei super legal e vai ser bem interessante ler a experência de outras pessoas, afinal cada um passa de um jeito diferente pelo tal período de adaptação.

Então é assim, nas palavras da Ciça: "Você querido brazuca, e despatriado em algum lugar desse planeta (vale de outro planeta, desde que o blog, ou pelo menos o post referente a essa blogagem venha em português), conte para nós seu segredo de sobrevivência ao despatriamento. Queremos ouvir suas dicas de como lidar com os entreveiros de um país, povo, cultura e hábitos diferentes e até mesmo estranhos a nós E SER FELIZ."

Como a Ciça é chiquérrima, nada do que ela faz é meia-boca, vai ter até um selinho pra blogagem coletiva! Quem participar pode ir lá no blog dela e avisá-la, ela vai linkar todo mundo.

domingo, setembro 27, 2009

Find it in store

Já não tenho problemas em fazer compras online há tempos, mas uma coisa que me deixa inquieta nessa história é ter que esperar pra colocar as mãos na minha nova aquisição! Parece que demora aaaaanos pra minha comprinha chegar! Por isso, eu não resisto e sempre clico no "find it in store" só pra ver se não tem o que quero em alguma loja bem pertinho daqui pra eu ir lá correndo e voltar pra casa feliz da vida. Não foi o caso do que eu comprei hoje, e agora tenho que esperar 5 longuíssimos dias. Já estou aqui me roendo de impaciência!

terça-feira, setembro 22, 2009

Outono

Não teve jeito e o verão foi embora mesmo. Isso quer dizer que chegou aquela época do ano em que sou acordada às 7 da manhã pelo vizinho de 2 casas pro lado com o soprador de folhas dele.

Aqui é assim, na primavera e no verão o barulho é dos cortadores de grama, no outuno, dos sopradores de folhas e no inverno das máquinas que tiram neve.

A rotina é assim: às 7 o vizinho de 2 casas pro lado. Mais ou menos às 7:20 é a vez de algum vizinho da rua de trás (ainda não descobri exatamente qual). Por volta das 8 é o vizinho da frente. Às 9:30, às vezes às 10, (somente às segundas) é a vez aqui de casa. Na casa do lado direito, o barulho, quer dizer, a limpeza, é de tarde. Aos fins de semana, é a vez do vizinho do lado esquerdo (que no verão também gosta de lavar o deck com aqueles jatos de água super simpáticos). De vez em quando, tem algum atrasado e a limpeza é mais à noite.

Acho que se não fosse pelos dias lindos de céu azul sem nuvens e pelas árvores com folhas vermelhas eu nem gostaria dessa estação. rs.

Então é isso: bem vindo outono!

sexta-feira, setembro 11, 2009

Será que...

... se eu continuar ignorando que o verão está indo embora ele fica?

sexta-feira, setembro 04, 2009

Fazendo Arte

Eu cresci ouvindo a minha mãe falar de tinta, gesso, cimento, piso, sofá, cortina etc. e adorava acampanhá-la às obras, marcenarias, lojas de iluminação, lojas de móveis e afins. Folheava as revistas e livros de decoração dela milhares de vezes. Sem sombra de dúvidas, ela é a "culpada" por eu gostar de decoração e design. Fico louca com o tanto de informação diponível sobre esses assuntos na internet e assino o feed de vários sites pra não perder nenhuma novidade.

Em junho, blog Design Sponge postou um "do it yourself" bem facinho que eu achei uma graça. Salvei no computador e esqueci completamente dele até a semana passada. Com o material comprado (nada mais do que uma corda de 14 pés de comprimento), fiz minha arte: um descanso de pratos. Modéstia à parte, eu achei que ficou lindo! :)

sábado, agosto 29, 2009

Show de rock e tampões de ouvido

Em abril, Nelson me deu 2 ingressos (e companhia!) pro show da Lily Allen. O show foi ótimo, até gostei mais da Lily Allen depois, mas nunca tive dúvidas de que Nelson só foi por minha causa. Ontem foi o dia de "pagar o favor". Então eu fui parar num show de rock em NYC, uma coisa assim, suuuuper a minha cara. rs. No show da Lily Allen, como eu estava ocupada curtindo as músicas, acabei não reparando muito no povo em volta. Ontem, como não conhecia muitas músicas, minhas raízes tupiniquins não deixaram por menos. Além de ter ficado espantada com o fato de só ter levado um único pisão no pé seguido de um pedido de desculpas (na velocidade da luz), achei ótimo o pessoal respeitar o seu espaço vital - nada de todo mundo amontoado te dando cotoveladas, ombradas, esbarrões e afins o tempo todo. Na hora das pessoas se movimentarem e saírem de seus lugares, TODOS pediam licença. Teve uma hora que até me confundi e pensei que estivesse na Ópera. rs. Essas coisas me espantaram, mas na verdade acho que são mesmo questão de educação (coisa que o povo do Brasil tem em nível menos 3) e, até o show da Lily Allen (o primeiro que fui aqui nos EUA), show pra mim era sinônimo de confusão, falta de espaço e suor. Agora, aqui acontecem coisas que provavelmente pessoas cosmopolitas nem perceberiam, mas que eu (provinciana) não consigo deixar de reparar e achar esquisito. De tudo o que vi ontem, o que mais me chamou a atenção foi um cara que chegou, se inflitrou na muvuca, tirou do bolso e colocou nos ouvidos um par de TAMPÕES! Gente, que diabos uma criatura dessas vai fazer num show? Primeiro pensei que ele devia estar acompanhando o filho e não que não devia curtir ir a shows. Mas quando a banda começou a tocar o cara dançou, pulou e cantou sem parar (e de tampões!). Não entendi nada, mas achei bem engraçado.

quinta-feira, agosto 27, 2009

Easy Guacamole Salad

Eu sempre gostei muito de abacate. Batido com leite e limão - e um pouquinho de leite condensado, porque ninguém é de ferro - era o jeito que eu preferia. Mas foi quando me mudei pra cá e descobri milhares de novas possibilidades (no sanduíche, no sushi, na salada...) que percebi o quanto eu realmente gosto da fruta.

No fim de semana, folheando umas receitas, achei esse guacamole super facinho de fazer. Ficou uma delícia servido com alface e blue corn tortillas chips. É só misturar todos os ingredientes e está pronto.

4 abacates (aqui o abacate é pequenininho)
8 oz. cream cheese
10 oz. tomate em cubos e chile verde (aqui vende em lata)
1 col. de sopa de suco de limão
1 1/2 col. de chá de alho em pó com sal

Amasse o abacate com um garfo e reserve. Bata o cream cheese até ficar mole. Junte o tomate e chile, o suco de limão, o alho em pó com sal, o abacate e misture bem.

domingo, agosto 23, 2009

Cliff-top views

O tempo ficou beeem mais ou menos durante o fim de semana e, por isso, os planos de ir pra praia foram pro saco. Hoje à tarde (na hora que a chuva deu uma breve trégua), cansados de ficar em casa, resolvemos dar uma volta no Palisades Interstate Park. Esse parque, que fica ao longo do Hudson River, tem diversas trilhas, áreas de picnic, marinas e pontos para apreciar a vista lá do alto do penhasco. Fizemos um pedacinho bem pequenininho de uma das trilhas e super me animei pra fazer a trilha inteira quando já não estiver tão quente e úmido. O dia não estava muito bonito, então acabei tirando poucas fotos, mas dá pra ter uma idéia de como é bonito por lá.

Rockefeller LookoutRockefeller LookoutAlpine LookoutVista durante o pedacinho de trilha que fizemos saindo do Alpine LookoutAlpine Lookout

No Flickr tem mais algumas fotos.

quarta-feira, agosto 19, 2009

Sono, do latim somnu

Eu sempre fui de acordar cedo. Tinha sono leve e qualquer barulho me acordava. Achava que dormir era desperdício de tempo, por isso nunca gostei de cochilar à tarde e fazia questão de levantar logo da cama mesmo no fim de semana. De um tempo pra cá, não sei o que houve, tenho dormido um sono super pesado e, se deixar, durmo até bem tarde. O pior é que quando levanto ainda fico meio sonâmbula e mal humorada por algum tempo.
Quando voltei do Brasil, decidi que não ia mais perder a manhã (quase) inteira dormindo. Até agora tem dado certo. Tomo café da manhã com Nelson antes dele sair para o trabalho, assisto o jornal, vou à academia, tomo banho, dou uma ajeitada na casa, e ainda tem um montão de horas pela frente antes do dia acabar. Acho até que tenho me sentido mais disposta e bem humorada. Bem que dizem que "Deus ajuda quem cedo madruga".

terça-feira, agosto 18, 2009

Novo Template

Acho que está tudo nos seus devidos lugares. Se alguém estiver vendo alguma coisa errada ou que não está dando pra ler ou qualquer outra coisa do tipo, por favor, me avise! ;)

segunda-feira, agosto 17, 2009

The High Line

Desde a inauguração, em junho, eu queria conhecer The High Line. Construída em 1930, essa linha de trem elevada foi abandonada em 1980 e agora é um parque público. A primeira parte do parque (e a única que está aberta, por enquanto) fica em Meatpacking District, uma das vizinhanças mais trendy de NYC. Ontem, mesmo com o calor insuportável que estava fazendo, fomos lá conhecer.The High Line visto da ruaThe High LineVista do High Line (rua, prédios, Hudson River e NJ ao fundo)Vista do High Line (Empire State ao fundo)The High LineThe High LineVista do High Line (Estátua da Liberdade ao fundo)Alguns bancos correm nos trilhos do trem

terça-feira, agosto 11, 2009

Zumba

Depois de mais de 01 ano indo à academia, eu finalmente resolvi sair da salinha das esteiras e explorar novos horizontes. Então às 10:15 da manhã (horário de quem não tem nada meeeesmo pra fazer da vida) estava eu lá para a minha primeira aula de Zumba. Eu estava morreeeeendo de vergonha por ser a única iniciante, mas quando vi tantas pessoas (muito) mais descordenadas que eu, desencanei e soltei a franga junto com o resto da mulherada. 1 hora de exercício nunca passou tão rápido e eu nunca suei tanto! Foi muito divertido e com certeza eu vou voltar. Tomara que dessa vez a coisa engrene e eu consiga ir à academia por mais do que 3 vezes a cada 2 meses. ;)

quarta-feira, agosto 05, 2009

Uma enxaqueca medonha não me deixa em paz desde que cheguei de viagem e por isso estou arrumando/limpando a casa de pouquinho em pouquinho. Segunda foi o dia do quarto, hoje foi o dia da cozinha. Dei uma boa faxinada e rearrumei gavetas e armários. Nossa, como os espaços estavam mal aproveitados! Descobri que posso comprar mais um monte de cacarecos que vai ter lugar pra guardar tudo! :)

segunda-feira, agosto 03, 2009

Menos de 12 horas depois de chegar em NJ, já desfiz a mala, lavei roupa e reorganizei armários e gavetas. Daí acabou o pique e todas as outras coisas ficaram pra amanhã.
Nelson viajou a trabalho ontem e eu cheguei hoje, nem nos encontramos. Chato chegar em casa e ficar sozinha depois de 4 semanas rodeada de gente o tempo todo... Mas fazer o que, né? Estou de volta à vidinha americana.

segunda-feira, julho 20, 2009

Ontem Nelson voltou pra New Jersey. Além de reencontrar amigos e família, comemos moqueca na Ilha das Caieiras, visitamos o Parque da Fonte Grande e fomos à Pedra Azul. Eu ainda fico por aqui até o fim do mês comendo muito e aproveitando a companhia de pessoas queridas.

Eu na Ilha das Caieiras e Mestre Álvaro (um dos picos mais altos do litoral brasileiro) ao fundo.

Vista do alto do Parque da Fonte Grande.

Eu e Nelson em Pedra Azul.

Mais fotos no Flickr.

sábado, julho 04, 2009

Esses dias foram uma correria só. Mil coisas pra resolver e mala pra arrumar. Depois de um ano e seis meses longe, finalmente vou ao Brasil! Amanhã eu embarco e fico por lá durante o mês de julho. Difícil vai ser voltar à vida real em agosto...

sexta-feira, junho 26, 2009

Então que, como sou sortuda pra caramba, fui convocada pro jury duty. Não, eu não ganho no Mega Millions, não ganho no bingo, não ganho cruzeiro/viagem/passagem/sei lá mais o que em sorteio, mas sou escolhida pra prestar serviço do júri. Como o que não tem remédio, remediado está, lá fui eu na quarta-feira. Às 8 da manhã estava na fila pra entrar na corte.

Tirando a parte que eu estava em verdadeiro pânico de ter que mudar meus planos de viagem no caso do processo não ser resolvido a tempo (preguiça profunda de maiores explicações, mas basicamente: se você é escolhido pra ser jurado num processo, você tem que comparecer a todas as audiências até a decisão do júri, o que pode levar horas, dias, semanas, meses ou anos - também lembrando que aqui nos EUA cada estado funciona de um jeito, isso é em New Jersey), eu até comecei a achar legal. A gente sempre vê nos filmes, né, e é tudo beeeem diferente do que acontece no Brasil, pensei que seria bacana conhecer "por dentro".

O resultado é que meu nervoso durou até às 3 da tarde da quarta-feira quando, depois de 7 horas de espera numa sala com mais umas 99 pessoas (sério, 99 mesmo, não é exagero) sem ar-condicionado, sentada numa cadeira dura e naaaada confortável, a senhorinha responsável pelo jury management anunciou, para alívio geral, que os 6 casos que estavam agendados naquele dia tinham sido resolvidos por acordo. Ufa, ufa, ufa!

Como aqui em New Jersey o serviço do júri é "one day or one trial" (um dia ou um processo), estou livre desse abacaxi por 3 anos! Hooray!

segunda-feira, junho 22, 2009

Acho uma graça esses brasileiros que pensam que estão abafando e mal sabem que tem gente por perto entendendo tudo o que está sendo falado por eles. Acabei de voltar do cinema e do meu lado estavam sentadas umas meninas que não paravam um minuto de falar português beeeem alto. As outras pessoas em volta não devem ter se incomodado muito porque não entendiam o que elas falavam, mas eu estava pra matar um... É por essas e outras que a gente leva fama (sinto dizer que merecida) de povo mal educado.

terça-feira, junho 16, 2009

Sexta-feira foi aniversário de uma amiga brasileira e umas outras amigas dela resolveram fazer uma reuniãozinha pra comemorar. Como eu tinha espalhado aos quatro ventos que eu tinha feito cupcakes duas vezes e eles tinham ficado uma delícia (modeeeesta...), fiquei encarregada de levar cupcakes pra cantar parabéns. Ela estava fazendo 24 anos, então eu fiz 24 bolinhos e coloquei uma velinha em cada um. Fiquei toda orgulhosa de mim, pois eles ficaram muito bonitinhos (esses aí da foto)! Quem te viu, quem te vê! Não que eu seja uma expert em cozinha hoje em dia, mas em pensar que há pouco tempo eu não tinha nem idéia de como se fazia arroz, é um belo de um progresso! A receita eu tirei daqui.

domingo, junho 14, 2009

O dia começou beeeem xexelento, mas lá pra hora do almoço o tempo abriu e deu pra mostrar uma NYC ensolarada e quentinha pro meu primo que chegou ontem. Ele passou seis meses em Indiana fazendo intercâmbio e antes de voltar pro Brasil vai ficar um pouco aqui em casa.

quinta-feira, junho 11, 2009

Hoje eu conheci a Cris e o Dudu. O Dudu é um fofo. No começo ficou um pouco tímido, mas logo "se liberou" e brincamos de vááárias coisas: de desenhar, vídeo game, pescaria, handyman, carrinho... Já a Cris, não precisa nem falar nada. Ela é tão (ou mais) simpática quanto eu imaginava. Super divertida e engraçada! O dia passou tão rápido que quando vi já estava noite (noite só na hora, né, porque ainda era dia lá fora). E eu ainda filei uma bóia no almoço - frango ensopadinho, arroz, feijão, vagem e suco de manga. E também estreei o sofá novo! hahahaha

segunda-feira, junho 01, 2009

O tempo ruim passou e o fim de semana foi ótimo. Sol, céu azul e finalmente conseguimos estrear nossas bicicletas. Elas foram compradas online no final de abril e 3 dias depois foram entregues. Desmontadas, lógico. Nelson montou direitinho no mesmo dia, mas sem as ferramentas apropriadas tudo estava frouxo e eu é que não ia sair de casa com um bicicleta que estava toda "solta". Entre o tempo ruim passar e Nelson se convencer de que o melhor era levar as bicis em alguma loja pra um tune up completo, foi-se o mês de maio. Nem vou mencionar a facada que foi pro moço da loja de bicicletas aqui da cidade fazer em duas semanas o que no Brasil qualquer lojinha furreca faz na mesma hora por "10 real", porque no sábado fizemos um passeio delicioso por uma trilha num dos parques aqui perto e eu até esqueci dessa parte ruim. :)

quinta-feira, maio 28, 2009

Desde terça-feira está fazendo um tempinho muito do mixuruca. Mas que saco! Tempo nublado com chuva fininha e meio frio... O pior é que com o tempo ruim veio um resfriado chato com muitos espirros e que não me deixa dormir direito. Pelo menos parece que no fim de semana o tempo volta a melhorar. Tomara!

sábado, maio 23, 2009

Pra aproveitar o dia bom que fez hoje (e que pela previsão do tempo não vai se repetir amanhã...), passamos a tarde no Liberty State Park.

Primeiro demos uma volta pelo parque.


Depois sentamos na área externa do restaurante Liberty House (que fica dentro do parque) pra comer alguma coisa com essa vista:


segunda-feira, maio 18, 2009

Sempre tive a maior dificuldade pra comprar protetor solar para o rosto. Minha pele é beeeem oleosa e beeeem branca e qualquer solzinho deixa meu rosto vermelho. No Brasil eu usava um em gel da Adcos, teoricamente bom para peles oleosas. Não era nenhuma maravilha (logo meu nariz estava brilhando...), mas entre todos os que a minha dermatologista recomendou, esse foi o menos melequento. Daí semana passada (ou retrasada) a newsletter da Sephora era sobre um kit com vários produtinhos de proteção solar e de quebra uma bolsinha! Como eu sou pouco fominha de brindes (hahahaha!) e estava mesmo procurando um filtro solar novo pedi logo o meu. Achei legal poder testar vários produtos diferentes e ver se vou me dar bem com eles antes de comprar o produto full size. Me empolguei ainda mais pra comprar porque no kit tem alguns dos protetores que eu achei que seriam bons pra mim, mas sempre fica aquela dúvida. Também é bacana que a renda arrecadada com a venda dos kits vai ser doada pra The Skin Cancer Foundation.

terça-feira, maio 12, 2009

Nelson teve uma fase de só querer assistir filme em blu ray e então eu me desfiz do DVD player quando mudamos pra essa casa e gente passou a assistir filme no Play Station 3. Também quando nos mudamos pra cá, cancelamos o Netflix e trocamos de tv a cabo. Mas mesmo com os milhares de canais e todas as opções on demand, todo fim de semana era aquela dificuldade pra achar alguma coisa na tv. Daí resolvemos voltar a assinar o Netflix. A verdade é que a gente nunca está satisfeito e logo fica entediado. Mas a novidade do momento é um aparelhinho que passa os filmes (seriados e documentários também) do Netflix instantâneamente. Você vai no site e coloca os filmes na sua fila instantânea e quando você liga o aparelhinho está tudo lá. Eu sei é que por conta disso, há uma semana não assitimos outra coisa que não seja 30 Rock. Eu nunca tinha assistido, mas depois de tantos awards, fiquei curiosa. E não é que é bom mesmo? Estamos no finalzinho da Season 1 e correndo atrás pra começarmos a assistir na tv, que já está na Season 3.

quinta-feira, maio 07, 2009

sexta-feira, maio 01, 2009

Entre levar os sogros pra comer, passear e fazer compras (só programas que eu de-tes-to! hahahaha), tá difícil de sobrar tempo pra mais alguma coisa. No final da próxima semana eles estão indo embora e tudo deve voltar à normalidade.

sábado, abril 25, 2009



Finalmente fez um dia lindo (e quente!) depois de uma semana fria e chuvosa.


Aproveitamos pra levar os pais de Nelson pra dar uma volta em NYC.

quarta-feira, abril 22, 2009

Meus sogros (que vieram do Brasil passar uns dias com a gente) queriam comprar alguma coisa pra nossa casa e tínhamos decidido que seria um movél novo pra televisão. Mas, minha sogra ficou impressionada (pra não dizer horrorizada... rs) com como as nossas roupas que são de pendurar em cabides estavam entullhadas no closet (nada prático) do nosso quarto ou dentro de gavetas e decidiu então que queria comprar um armário. Tive que quebrar a cabeça (e fazer uma consulta de decoração via skype com a minha mãe) pra achar uma nova configuração pro quarto, porque do jeito que tudo estava posicionado não caberia de jeito nenhum. Mudamos tuuuuuudo de lugar e, apesar de ter ficado ótimo e o espaço estar melhor aproveitado, eu ainda não consegui me acostumar com a nova arrumação. Estou um pouco desorientada: troco o meu lado da cama e tenho que abrir um monte de gavetas até achar o que eu estava procurando...

sábado, abril 18, 2009

Menina muito moderna postando do celular! Uau!

domingo, abril 12, 2009

Tenho que fazer uma confissão da qual me envergonho um pouco: me rendi à máquina de lavar louça. Resisti bastante, um pouco porque morro de dó do tanto de água e energia que a máquina gasta, outro pouco por culpa da minha mãe - ela sempre foi contra, vivia dizendo que máquina de lavar não lava direito. O resultado é que eu tenho um certo nojinho de louça lavada na máquina e, quando vou usar o que foi lavado à maquina, fico com o pé atrás. No apartamento antigo não tinha máquina, então eu nem ligava de lavar tudo "no braço". Mas aqui tem. E enquanto eu fico lá, de pé, com a bucha e o detergente, lavando prato por prato, copo por copo, talher por talher, toda vez que Nelson fala que vai "lavar a louça", ele enfia tudo na máquina e pronto. A gente até tenta sempre lavar o que acabou de usar e não deixar acumular. Mesmo porque acho péssimo aquelas pias com pilhas e mais pilhas de louça (outra herança da minha mãe...). Quase sempre isso dá certo, mas às vezes acaba acumulando, pois ninguém é de ferro. Então agora, nos dias que a preguiça fala mais alto, eu tento go green e seguir algumas dicas pra fazer todo o processo ser o menos ecológicamente incorreto possível.

sexta-feira, abril 10, 2009

Todo mundo (ou quase) que mora fora do Brasil, nessa época do ano sente falta dos ovos de Páscoa. Eu não. Pra mim, chocolate é chocolate, não importa a forma (gosto de todas! rs.). O que me faz falta é o tradicional almoço na casa da minha avó com uma torta capixaba sem igual (essa mesma da foto aí do lado). Humm, minha boca chega a encher de água só de pensar...

terça-feira, abril 07, 2009

Hoje, quando estava deixando umas cartas numa daquelas caixa de correio que ficam na rua, me lembrei da primeira vez que fui colocar carta nessas caixas. Foi um mico! Eu andei de casa até a caixa, do outro lado do quarteirão, cheguei lá e não conseguia ver nenhuma abertura pra enfiar a carta. Fiquei loooongos segundos examinando a caixa e tentando descobrir o que fazer. Foi então que uma velhinha chegou pra colocar a carta dela também e viu a minha situação. Morreu de rir, lógico, mas antes, toda educada, me ensinou a abrir a portinha e jogar a carta lá dentro (dãããã!...) e perguntou de onde eu era, já que era óbvio que daqui é que não era.
É engraçado como essas coisas bobas, que fazem parte dia-a-dia do lugar mas que são novidades pra quem acabou de chegar, logo "denunciam" que a gente é de fora. Quando isso aconteceu, eu morri de vergonha. Hoje eu morri de rir.

segunda-feira, março 30, 2009

Eu adoro o site The Onion! Morro de rir com as "notícias". Eu já tinha assistido o vídeo aí embaixo há um tempinho e hoje, quando estava fazendo uma faxina nos meus bookmarks, assisti de novo e morri de rir mais uma vez.


In The Know: Should The Government Stop Dumping Money Into A Giant Hole?

Só pra não deixar dúvidas, aqui está o que o Wikipedia fala sobre o The Onion.

terça-feira, março 24, 2009

Como não podia ser diferente, o assunto clima/tempo, depois de um breve descanso, está de volta às pautas. A Paty mostrou lá no blog dela que pro sul de New Jersey não tem nada de primavera e a Renata também já falou que em Boston não está muito melhor. Aqui em North Jersey também está bem difícil das temperaturas ficarem positivas e os casacos irem de vez pro armário. E parece que ainda vai ficar assim por um tempinho. Eu estou achando um saco. O indivíduo que inventou que "March comes in like a lion and goes out like a lamb" não está com absolutamente nada esse ano.

sexta-feira, março 20, 2009

Como assim está nevando lá fora UM DIA antes da primavera? Ai, ai, ai...

terça-feira, março 17, 2009

Antes que o dia acabe, taí a foto do meu St. Patrick's Day.


Corned beef (não tenho nem idéia se existe um nome em português pra isso), repolho, batatas e cenoura num pub irlandês. Pessoas vestidas de verde e bebendo Guinness e senhorzinho de saia tocando gaita de fole (que por sinal é algo beeeem irritante).